CAPITULO 5 – DESCOBERTAS E SENTIMENTOS


CAPITULO 5 – DESCOBERTAS E SENTIMENTOS

-CRISTINA: VOU DESCER E VER O QUE ESTÁ ACONTECENDO.
-NATASHA: É, E TRÁS UMA AGUA, ISSO TÁ MUITO FEDIDO.
-CARLOS: VAI LÁ E TRAZ PARA MIM TAMBEM POR FAVOR.
-NATSHA: CREDO AQUELE É O LUCAS!
-CARLOS: O NAMORADO DA LAISA NÉ?
-NATASHA: SIM É ELE MESMO.
-CRISTINA: QUE NOJO. VOU LÁ!
-CARLOS: O QUE É ISSO? MARCAS DE BALAS!
 -NATASHA: O QUE? VOCÊ TEM CERTEZA?
-CARLOS: SIM OLHA.
-NATASHA: NÃO ACREDITO!
-CARLOS: ME DIZ, QUEM ESTAVA COM ELE, E O QUE ACONTECEU!
-NATASHA: O ROBERTO, E ELE DESCERAM PARA PROTEGER AGENTE, UM POUCO ANTES DE VOCÊ APARECER. SÓ QUE ROBERTO VOLTOU SOZINHO.

-CARLOS: DROGA, DROGA. ISSO FICA ENTRE NÓS, APENAS, NÃO QUERO ALVOROSSO NO GRUPO, PRECISAMOS FICAR ESPERTOS COM O ROBERTO.
-NATASHA: NÃO CREIO NISSO, MENTIRA!
-CARLOS: ACREDITE SE QUISER É O QUE PARECE, E NÃO EXISTE OUTRA EXPLICAÇÃO. E ISSO FICA ENTRE AGENTE. OK
-NATSHA: SERÁ MESMO. PODE DEIXAR SEGREDO É SEGREDO.
ENQUANTO ISSO, NO PORTÃO CARLOS E TODOS SÃO CHAMADOS IMEDIATAMENTE. TODOS CHEGAM PREOCUPADOS. COM O ALARME ONDE ALEXIS INFORMA.
-ALEXIS: CARLOS, TEMOS UM PROBLEMA.
-CARLOS: O QUE É, FALA AI CARA O PESSOAL ESTÁ FICANDO NERVOSO.
-ALEXIS: VOCÊ PERCEBEU QUE OS ANIMAIS NISSO TUDO SUMIRAM!
-CARLOS: NÃO TINHA REPARADO, MAS COMO VOCÊ FALOU!
-ANDERSON: VIMOS ALGO MUITO ESTRANHO.
-DINHO: CACHORROS.
-ROBERTO: A INFECÇÃO PODE TER CHEGADO AOS ANIMAIS! POR ISSO ARRUMAMOS O PORTÃO O MAIS RÁPIDO POSSIVEL.
-CARLOS: SERÁ? MESMO. POR PRECAUSSÃO TODOS TOMEM MUITO CUIDADO AO ENCONTRAREM UM ANIMAL. NÃO SAIAM DA ESCOLA POR ENQUANTO.
-ANA: E SE ENCONTRARMOS E ELE NOS ATACAR?
-LAISA: SIGNIFICA QUE IREMOS TER DE MATÁ-LOS?
-ROBERTO: ISSO MESMO, NÃO PODEMOS CORRER RISCOS ASSIM.
-CARLOS: COMO CEGARAM A ESSA CONCLUSÃO, CARA.
-ALEXIS: NUNCA VI UM CACHORRO VERMELHO. AVISTAMOS PELO BINÓCULO.
-ANA: VERMELHO?
-DINHO: VERMELHO SANGUE!
-ROBERTO: TIVEMOS QUE FICAR MUITO QUIETO!
-CARLOS: ISSO É MUITO GRAVE.
E TODOS VOLTAM AOS SEUS DEVERES, ROBERTO ALEXIS E OS OUTROS TERMINAM A OBRA NO PORTÃO ENQUANTO CARLOS ACABAVA DE REMOVER OS CORPOS COM NATASHA E CRISTINA. GABRIELA DEPOIS DE MUITO CONVERSAR COM LAISA FICAM AMIGAS, E DAIANE NÃO GOSTA MUITO. ANDERSON SÓ FICA ATRAS DE DAIANE. ROBERTO E CARLOS VASCULHAM A ESCOLA INTEIRA ATRÁS DE PONTOS ESTRATÉGICOS E ROTAS DE FUGAS. GABRIELA SAI PARA TOMAR AR FORA DA ESCOLA, DISTANTE DE TODOS.
-GABRIELA: ATÉ QUE ENFIM SAI UMPOUCO DE LÁ DE DENTRO. QUE MAL CHEIRO!
QUANDO ELA AVISTA UM VULTO CORRENDO, E SE PROXIMA PARA VER O QUE É. E ACABA INDO PARA TRÁS DA ESCOLA. QUANDO O VULTO PARA ELA SE APROXIMA. ENQUANTO ISSO NATASHA SENTE SUA FALTA. E COMEÇA A PERGUNTAR PARA OS OUTROS SOBRE SEU PARADEIRO. E NQUANTO ELA NÃO PERCEBIA O MAL QUE A RONDAVA.  E NATASHA PERGUNTA A DINHO QUE LHE RESPONDE.
-DINHO: ELA DISSE QUE PRESISAVA PENSAR.
-NATASHA: PENSAR NO QUE.
-DINHO: NÃO SEI.
-NATASHA: DEIXA PRA LÁ EU PROCURO ELA SOZINHA. OBRIGADO POR NADA.
ENQUANTO ISSO GABRIELA SE APROXIMA DO VULTO, ENTÃO ELA DA UMA BOA OLHADA E PERCEBE QUE É UM CACHORRO, QUE A ATACA, SEUS COMPANHEIROS AVIAM FALADO PARA TOMAR CUIDADO. ANIMAL VAI PARA CIMA DE GABRIELA QUANDO ELA TROPEÇA E CAI DE COSTAS NO CHÃO E O ANIMAL COMEÇA A TENTAR LHE MORDER, ELA SEGURA AS PATAS DO ANIMAL ENQUATO TENTA SE DESVENSILHAR DAS MORDIDAS DO CACHORRO QUANDO AVISTA OUTRO ANIMAL. SUA VIDA INTEIRA PASSA DIANTE DE SEUS OLHOS, ONDE ELA JÁ NÃO TINHA MAIS FORÇA. CARLOS OUVE E VE GABRIELA SENDO ATACADA PELO ANIMAL ATRAVÉS DA JANELA, E ELE VE OUTRO CACHORRO SE PREPANDO PARA ATACAR, CARLOS AGE NO MOMENTO CERTO SALTANDO PELO VIDRO QUE SE PARTE E NO MESMO INSTANTE, O OUTRO CÃO SALTA PARA O ATAQUE CARLOS ATIRA NO SEGUNDO CACHORRO QUE CAI AO CHAO. CARLOS RAPIDAMENTE SE LEVANTA E CHUTA O CACHORRO QUE ESTA EM CIMA DE GABRIELA, ELA SE LEVANTA E SAI CORENDO CARLOS ENTÃO SE PREPARA PARA CUIDAR DO SEGUNDO CÃO ELE ATIRA E ERA O TIRO E SE PREPARA PARA ATACAR RAPIDAMENTE, O CÃO SALTA PARA CIMA DE CARLOS QUE CAI PARA TRAS COM O ANIMAL EM CIMA DELE, NA MESMA SITUAÇÃO DE GABRIELA, PORÉM SUA ARMA CAI DA SUA MÃO. ENTÃO ALEXIS CHEGA E ACERTA O ANIMAL NA CABEÇA COM UMA BARRA DE FERRO. CARLOS JOGA O CORPO DO ANIMAL PARA O LADO COM O CRANIO PARTIDO, NISSO O RESTO DO GRUPO CHEGA FAZENDO PERGUNTANDO OQUE HAVIA ACONTECIDO ALI.
-CARLOS: EU EXPLICO DEPOIS, AGORA PRECISO ACHAR GABRIELA.
CARLOS SAI EM DISPARADA ATRÁS DE GABRIELA, ONDE A ENCONTRA CHORANDO EM UM CANTO APAVORADA.
-CARLOS: VOCÊ ESTÁ BEM?
-GABRIELA: VOCÊ ACHA QUE ESTOU BEM?
-CARLOS: DESCULPE-ME!
-GABRIELA: NOSSA O QUE ESTOU FALANDO? VOCÊ ME SALVOU. ME DESCULPE!
-CARLOS: NÃO ESQUENTA VOCÊ ESTÁ NERVOSA.
-GABRIELA: EU TENHO QUE TE DIZER UMA COISA. QUE NUNCA CONSEGUI LHE DIZER.
-CARLOS: NÃO, NÃO FALA NADA.
OS DOIS SE APROXIMAM PERIGOSAMENTE, E NO MESMO INSTANTE FECHAM OS OLHOS, O CORAÇÃO BATE DESCOMPASSADO E RÁPIDO, NO INSTANTE QUE UM LONGO BEIJO ACONTECE.
-GABRIELA: EU SEMPRE GOSTEI DE VOCÊ DESDE QUE AGENTE ESTUDAVA JUNTO.
-CARLOS: EU TAMBEM, MAS EU NUNCA CONSEGUI TE DIZER.
-NATASHA: ACHEI VOCÊS DOIS! SEUS DANADINHOS.
-GABRIELA: NÃO É N...
-CARLOS: SIM NÓS SOMOS UM CASAL AGORA.
-NATASHA: FICO FELIZ POR VOCÊS. MAS GABI VOCÊ ESTA BEM.
-GABRIELA: AGORA. SIM!
GABRIELA ABRAÇA FORTE CARLOS, ELES SE SENTAM NO CHÃO, QUANDO NATASHA VOLTA PARA A ESCOLA DEIXANDO OS DOIS A SÓS, ELES SENTAM E SE ABRAÇAM, ONDE OUTRO BEIJO ACONTECE.

CONTINUA...

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...