Epilogos - Nas entranhas da besta - Parte 2

0 comentários
Amanhece o dia, as criaturas não estão mais por perto, o silencio é aterrorizador,Leandro e Anderson se preparam para partir em uma missão de sobrevivencia.

Anderson: para onde estaremos indo?
Leandro: há uma base militar a aproximadamente 2 quilometros e meio daqui, lá poderemos achar comida, munição e talvez algum meio de nos comunicar com alguém que possa nos ajudar.
Anderson: voce tem certeza que lá estaremos seguros?
Leandro: seguros estaremos, mas, nossa intenção não é ficar lá.
Anderson: como assim?
Leandro: precisamos sair daqui o mais rápido possivel, estamos cercados por essas coisas, e nós não podemos simplesmente ficar aqui para sobreviver, temos que diagnosticar a situação.
Anderson: diagnosticar a situação? não estou entendendo.
Leandro: eu te explico depois

Anderson desconfia que Leandro está escondendo algo, quando eles saem da casa, e começam a caminhada. Algum tempo se passa, ambos já estão cansados, quando avistam a uma certa distancia, algo parecido com parque de containers, eles haviam chegado ao destino,mas, algo estava errado, ali perto, haviam algumas criaturas.

Epilogos - Nas entranhas da besta - Parte 1

0 comentários
Não era um dia comum no amazonas, em algum lugar dali, no meio daquelas florestas, dentro das águas , haviam soldados, armados até os dentes, preparados para servir sua nação, e combater o narcotráfico.

Sargento: Fiquem todos preparados para quando o avião chegar, queremos pegar eles desprevenidos , e precisamos apreender o material também.

Os soldados, ficavam apenas observando, esperando, o momento do ataque. Aqueles segundos pareciam horas, todos estavam muito apreensivos, mas , algo estava caminhando muito errado. Perto de Anderson, um homem de cor acinzentada, caminhava vagarosamente, quando se escuta.

Traficante: Quien eres tú?!?!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...